Resultado da busca

Seu filho precisa usar óculos?

Terça-feira, 23 de Abril de 2013 às 09:00:00

Saiba que quando o quesito é armação para crianças, a recomendação é que seja leve, bastante firme, resistente e que assente com suavidade e conforto no dorso dos narizinhos dos pequenos. Pois, o sucesso do tratamento oftalmológico na infância, com a recomendação de óculos, depende do uso correto e constante.

Crianças pequenas não têm o dorso nasal bem desenvolvido e, muitas vezes, pode ser difícil encontrar armações que tenham pontes que se acoplem aos narizinhos. “Recomendo sempre as pontes anatômicas, que distribuem melhor o peso. Mas, o essencial mesmo é que o nariz da criança suporte o peso da armação sem que os óculos escorreguem, fazendo com que ela olhe não pelo centro da lente ou, pior, por cima da armação”, alerta Dra. Dillian Pereira Dancini, oftalmologista de Jundiaí, no interior paulista. A escolha de óculos adequados ao público infantil deverá deixar os olhos centrados dentro da lente. É essa “centralização” dos olhos nas lentes e na armação que darão a aparência de leveza e equilíbrio nos óculos.

Como recomendação geral, a médica costuma destacar que para quem usa lentes fortes, a escolha das armações deverá ser sempre pelas que comportam lentes pequenas. Não só por conta da leveza das lentes, mas também porque através de lentes maiores os traços fisionômicos da criança parecem aumentados ou diminuídos, o que não é esteticamente desejável. Além disso, lentes grandes têm mais distorções na periferia, o que pode incomodar.

As hastes flexíveis, que se curvam por traz das orelhas proporcionam firmeza e são recomendadas, principalmente, para crianças pequenas. Já, crianças maiores podem usar hastes retas que se prendem com discreta pressão na cabeça, desde que confortáveis.  Vale destacar que hastes ligadas à frente da armação por molas deformam menos e duram mais. 

“Ao atender crianças, sempre reservo um tempo da consulta para orientar os pais quanto às características mais importantes na escolha dos óculos para que a adaptação seja ideal”, ressalta. Ainda tratando-se da escolha do modelo cabe avaliar que a estética é muito importante. 

Felizmente, a indústria de armações infantis tem se preocupado em desenvolver produtos de qualidade para os pequenos pacientes.  A variedade de cores, adornos e formatos “da moda”, fazem com que a criançada e os adolescentes encarem a compra dos óculos como a aquisição de um artigo “fashion” ou divertido, tudo isso tem facilitado a aceitação e o bom uso de óculos nessa população. 

A fim de facilitar a adaptação do uso de óculos corretivos por crianças, a especialista aponta que uma boa alternativa é estimular o uso com óculos solares. Além de proporcionar segurança, em um país tropical como nosso, a proteção contra os raios UVA e UVB é essencial na prevenção de diversas patologias oculares, desde pterígios, cataratas e até degenerações de retina. “É bom lembrar que os raios ultravioletas são cumulativos, durante toda a vida, tanto nos tecidos oculares quanto na pele”, esclarece. 

Veja mais na galeria de fotos

Outras Notícias

Vídeos

Guilhermina Guinle

Galerias

Edson Celulari

Redes Sociais

  • Contatos

    Vanessa Abate
    vanessa.abate@starbrands.com.br
    (11) 5090-8935
    Starbrands
    Imprensa
    Mariela Limeira
    mariela.limeira@starbrands.com.br
    (11) 5090-8904
    Starbrands
    Imprensa
    Paula Vidal
    paula.vidal@starbrands.com.br
    (11) 5090-8900
    Starbrands
    Blogs
    Aline Almeida
    aline.almeida@starbrands.com.br
    (11) 5090-8973
    Starbrands
    Blogs
    ©2013 Ketchum Digital